HEY ...

SEJAM BEM VINDOS !

dezembro 09, 2010

lições de hoje, para minha vida

Um novo começo é possível em qualquer momento da vida.
É perigoso ir em frente sem antes buscar a direção de Deus.
O cumprimento das promessas de Deus não depende do meu desempenho, mas de graça divina.
Necessito cuidar, em primeiro lugar, das minhas responsabilidades para com Deus e para com as pessoas, se desejo ter sucesso na vida.
Um relacionamento amoroso entre mim e mamãe,e um precioso dom de Deus.
Deus é capaz de restaurar  meu senso de auto-estima em tempos de grande aflição.
 
 

Lidando com um sentimento que diminui as pessoas

Para mim, é bastante difícil lutar contra a irritação. Ultimamente está sendo quase que constante!
Tenho alguns históricos de raiva, e assim tentei reprimir o meu sentimento. Também oculto o sentimento de coragem, fingindo que não existe, porque, no passado, nunca pude  expressá-lo. Se algum dos meus problemas deriva de são saber como expressar apropriadamente a minha irritação, é possível que procure não lidar com ele. Talvez tentasse ''deixá-lo de lado'' , com a esperança de que desapareça.
Mas aprendi hoje,com tudo isto, que a saída é estabelecer um tempo limite diário para lutar com a minha coragem; um tempo para encontrar a maneira de expressar o meu sentimento e, então, abandoná-lo.
Lutar contra minha irritação rapidamente é importante, pois, quando deixo que amadureça, ela se converte em amargura. A amargura é a raiva que foi enterrada e teve tempo para crescer. A Bíblia adverte: ''Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades! Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês.'' (Ef 4.31-21)
É preciso que eu lide logo com essa raiva assim que aparecer, para poder conseguir vencer.

Meus erros

Posso me enganar ao pensar que consigo simplesmente esconder/enterrar os meus erros e seguir adiante sem ter de admiti-los. Com o tempo, descobri que aqueles atos que pensava que estavam enterrados para sempre eram realmente sementes. Crescem e dão frutos. Com isso, terei de enfrentar uma colheita de consequências e o fato de que o auto-engano não me beneficia em nada.
Devo dizer adeus ao auto-engano e dá boas-vindas ao perdão e à purificação.
Devo notar que há purificação de cada maldade,não do ''fazer o mal'' em um sentido geral. Reconhecer a natureza exata dos meus erros inclui prestar contas de maneira exata e específica. Quando confessar especificamente os meus pecados, deixarei de me enganar em relação à natureza de meus erros.
Como, de todas as formas, não posso deixar Deus de lado e fugir com meus erros, o melhor que devo fazer é ser sincera e receber o perdão.