HEY ...

SEJAM BEM VINDOS !

dezembro 25, 2010

Ah' quando eu passar no vestibular ...

A primeira coisa que vou fazer é me ajoelhar e agradecer a meu grande Deus por tal benção recebida.
Então logo depois ... (a);
Eu vou chegar em casa,quebrar a TV e gritar  '' NINGUÉM RECLAMA,QUEM MANDA AQUI SOU EU ! '' 
Eu vou sair pelo meu nordeste ,viajando por todas as praias e surfando até em poça de lama.Eu vou pagar uma babá para me dar comida na boca e trazer  ''piníco'' pra que não possa ter que sair da rede  -q - Eu vou aprender alemão,japonês,francês e inglês.Eu vou tocar violão,baixo,bateria e gaita.Eu vou dormir tarde e acordar tarde huahuahuahuahua ' (h),não dormir e passar três dias acordada! Eu vou fazer uma camisa com letras garrafais ''EU SOU FODA'' e usá-la quando for mandar cada um que disse que eu não passaria '' tomar ... juízo - kkkk'' / pensou besteira né,eu sei :B / Eu vou chegar no primeiro policial que encontrar na rua e mandá-lo pra uma poia kiki,e se ele achar ruim eu digo logo: - '' Você sabe com quem está falando heim ?! -
EUU PAAASSEI NO VESTIBULAAR !! '' 
AAAAH QUANDO EU PASSAR NO VESTIBULAR ::#.

aprendi

que se aprende errando. Que crescer não significa fazer aniversário. Que amigos a gente conquista mostrando o que somos. Que os verdadeiros amigos sempre ficam conosco até o fim. Que a maldade se esconde através de uma bela face. Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela. Que amar significa se dar por inteiro. Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos. Que se pode conversar com estrelas. Que se pode confessar com a lua. Que se pode viajar além do infinito. Que sonhar é preciso. E finalmente, aprendi que não se pode morrer pra se aprender a viver.

dezembro 09, 2010

lições de hoje, para minha vida

Um novo começo é possível em qualquer momento da vida.
É perigoso ir em frente sem antes buscar a direção de Deus.
O cumprimento das promessas de Deus não depende do meu desempenho, mas de graça divina.
Necessito cuidar, em primeiro lugar, das minhas responsabilidades para com Deus e para com as pessoas, se desejo ter sucesso na vida.
Um relacionamento amoroso entre mim e mamãe,e um precioso dom de Deus.
Deus é capaz de restaurar  meu senso de auto-estima em tempos de grande aflição.
 
 

Lidando com um sentimento que diminui as pessoas

Para mim, é bastante difícil lutar contra a irritação. Ultimamente está sendo quase que constante!
Tenho alguns históricos de raiva, e assim tentei reprimir o meu sentimento. Também oculto o sentimento de coragem, fingindo que não existe, porque, no passado, nunca pude  expressá-lo. Se algum dos meus problemas deriva de são saber como expressar apropriadamente a minha irritação, é possível que procure não lidar com ele. Talvez tentasse ''deixá-lo de lado'' , com a esperança de que desapareça.
Mas aprendi hoje,com tudo isto, que a saída é estabelecer um tempo limite diário para lutar com a minha coragem; um tempo para encontrar a maneira de expressar o meu sentimento e, então, abandoná-lo.
Lutar contra minha irritação rapidamente é importante, pois, quando deixo que amadureça, ela se converte em amargura. A amargura é a raiva que foi enterrada e teve tempo para crescer. A Bíblia adverte: ''Abandonem toda amargura, todo ódio e toda raiva. Nada de gritarias, insultos e maldades! Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês.'' (Ef 4.31-21)
É preciso que eu lide logo com essa raiva assim que aparecer, para poder conseguir vencer.

Meus erros

Posso me enganar ao pensar que consigo simplesmente esconder/enterrar os meus erros e seguir adiante sem ter de admiti-los. Com o tempo, descobri que aqueles atos que pensava que estavam enterrados para sempre eram realmente sementes. Crescem e dão frutos. Com isso, terei de enfrentar uma colheita de consequências e o fato de que o auto-engano não me beneficia em nada.
Devo dizer adeus ao auto-engano e dá boas-vindas ao perdão e à purificação.
Devo notar que há purificação de cada maldade,não do ''fazer o mal'' em um sentido geral. Reconhecer a natureza exata dos meus erros inclui prestar contas de maneira exata e específica. Quando confessar especificamente os meus pecados, deixarei de me enganar em relação à natureza de meus erros.
Como, de todas as formas, não posso deixar Deus de lado e fugir com meus erros, o melhor que devo fazer é ser sincera e receber o perdão.